Não é fácil dizer tchau…..

Out Of Order

Quando comecei este blog prometi que iria mantê-lo vivo ao menos por um ano, independente do número de leitores, críticas ou qualquer outra coisa. A idéia era que ele funcionasse como embrião de algo maior, uma espécie de laboratório que culminaria em um site profissional ou revista gratuita, que por sua vez seria meu trabalho de conclusão de curso para a faculdade (btw, sou estudante de jornalismo da USP).

O tempo passou e a idéia do TCC foi perdendo força. Não parecia mais tão inovadora. Revistas “gays”, como a Junior e a DOM, surgiram no Brasil cobrindo parte do buraco no mercado editorial com o qual pensava dialogar. Contudo, meu tesão pelo blog só aumentava. Me sentia orgulhoso de fazer algo com as próprias mãos e com total liberdade. De falar de coisas que eu gostava sem compromisso nenhum. Até fiz um cartão de visitas com a URL, email para contato e a imagem do header do blog. Com o passar do tempo percebi que postar funcionava quase como uma terapia. Quando não postava ficava mal.

Do primeiro post, publicado em abril de 2007, até hoje, o Blog do Junior acumulou cerca de 30 mil visualizações. Fomos linkados em sites legais, como Erika Palomino, Mix Brasil, além de diversos outros blogs. Algumas coisas publicadas aqui chegaram a ser impressas, como a mega visitada entrevista com o François Sagat, e até proposta de anunciante eu recebi (nem cheguei a respondê-los). Foi graças ao blog que também consegui um ótimo estágio.

Mas a verdade é que o tempo anda pouco e, além do estágio, também estou tocando outro projeto grande, um documentário que é minha nova proposta de TCC. Postar aqui ficou cada vez mais difícil. Confesso que rola uma frustração. Afinal, me habituei a ter idéias e imediatamente pensar “isso é bom para o blog”. Agora mesmo gostaria de atualizar a página do blog no flickr com fotos de uma exposição do Gilbert & George que vi nos EUA. Mas ao mesmo tempo não me sinto bem escrevendo posts burocráticos. Quem ler os primeiros posts vai perceber como eles eram mais soltos e divertidos. É a falta de tempo que me obriga a passar a informação de forma seca e direta. Não gosto!

Por tudo isso, e também por que nos próximos meses preciso absolutamente estar focado na produção do filme, resolvi “fechar” o Blog do Júnior. Snif! Ao menos temporariamente esta página não será mais atualizada. O site continuará no ar, na esperança de que uma vez passada a tempestade eu consiga voltar a postar aqui. Por enquanto, fica meu tchau e muito obrigado aos que investiram alguns minutos de suas navegações lendo minhas maluquices. Valeu queridos!

Foto de Naiaforever

Jr*

7 comentários

Filed under Conversa

Longe do pornô, François Sagat chega à mídia “straight”

François Sagat Hells Kitchen 1

François Sagat Hells Kitchen 2

O (ex) ator pornô François Sagat, com quem o Blog do Junior falou há alguns meses, parece estar decidido quando o assunto é sua carreira. Ele não quer mais saber de filmes de sexo. Ao menos por um tempo, conforme explica ao fanzine francês Hell’s Kitchen, publicação voltada ao público hétero que colocou o astro gay na capa de sua última edição.

Começando a matéria com o esclarecimento “nós, héteros que somos”, o fanzine, cuja linha editorial flerta com os universos Hip-hop, Sneakers e de Street-art, tenta se justificar pela escolha do entrevistado. Sagat seria ícone de uma nova geração gay com valores estéticos próximos aos do universo rapper, ele é também um dos maiores astros franceses na atualidade, além de ter vivido a experiência de se mudar para Califórnia, nos Estados Unidos, para trabalhar na zona quente da indústria pornô gay. Se os argumentos são pertinentes eu não sei, mas a escolha do entrevistado mostra de cara a ousadia, que tanto faz falta às revistas brasileiras, da publicação francesa.

Na entrevista, Sagat fala dos internautas que o contactam através do MySpace se afirmando héteros, mas que depois revelam sentir atração por ele (hum?), de sua participação na última edição da bombada revista de moda i-D e de como não suporta as baladas gays. “Todas essas baladas meio tech-house à la Ibiza que eu detesto não me dão vontade de dansar”, afirma ao fanzine. Sagat diz ainda que está preparando um turnê. Mas ele não canta não minha gente. É só performance mesmo. Sensual, claro, mas nada de sexo explícito. Só ele no palco, acompanhado das músicas e projeções simultâneas, escolhidas por ele mesmo. Imagem! Muita Imagem!. Uma coisa meio Dita Von Teese – foi ele quem disse!

Quem domina francês pode se jogar no Hell’s Kitchen. O download é gratuito e o conteúdo é interessante.

Jr*

Leia também:
Pornô cult? Blog estréia seção de entrevistas com ator pornô francês François Sagat

2 comentários

Filed under Gay

Sexxxquenta… Cut Copy

Cut Copy

Cut Copy    Mercy Arms    Mercy Arms

Os australianos já viraram quase regra aqui no blog e agora é a vez dos meninos do Cut Copy animar a sexta-feira. Oriundos de Melbourne – que saudade do meu amigo Gus! – eles foram lançados pelo selo Modular, o mesmo por trás do Midnights Juggernauts e The Presets. O som é tipo indie de pista, então é ótimo pra dançar e dá até pra cantar junto.

Na estrada desde 2001, eles ganharam destaque no último ano com o disco “Bright Like Neon Love” e a primeira turnê internacional, que passou por Londres, Nova York e Los Angeles. Eles também abriram os show da turnê do Daft Punk na Austália. E chega de falatório né! Aperte o play!

Fotos de spinal_faun.
Jr*

Deixe um comentário

Filed under Música

Flickerista: felipemorozini em “Masks”

SANTA CEIA

SURREALISMO

FOX LOVERS    LOST

MISTER FOX AND   THE BLUE SEA    MARACATU ATÔMICO    (UN)PUBLISHED

FIGHT!!! LUCHA!!!!!

Como blogueiro que sou, adoro coisas feitas por gente qua ainda não ouvi falar na TV, no jornal, em revistas, mas que marcam presença na web. Além de textos e vídeos, a internet também é um ótimo lugar para achar fotos e idéias de imagens incríveis. Para mim, um dos melhores lugares para buscar imagens inspiradoras, emocionantes, engraçadas, nada a ver, grotescas, e o que mais você quiser, é o Flickr. Por isso resolvi criar mais um modelo fixo de post que irá dar sugestões semanais (não leve a periodicidade tão a sério) de algum fotógrafo da comunidade. Oe primeiro scolhido é felipemorozini, com destaque para o álbum Masks. Sintam-se a vontade para visitar a página do cara, deixar cometários, criar balõezinhos, adicionar tags, enfim, prestigiem! Divulguem!

Fotos de felipemorozini.

Jr*

1 Comentário

Filed under Arte, Fotos

Pub: American Apparel celebra Nylon

Bem fofa essa campanha da American Apparel para celebrar o aniversário do Nylon, que segundo a Wikipedia tem apenas 13 aninhos (fiquei surpreso)…. Na trilha a faixa “City” do duo de electro sueco Lo-Fi-Fnk.

Jr*

Leia também:
Møda básica, moderna e (ainda) politicamente correta

Deixe um comentário

Filed under Música, Pub

Criando lhamas e depilando a barba

Vodpod videos no longer available.

Você já imaginou um transexual criador de lhamas? Pois é com esse personagem atípico que o documentarista Jules Stevens revela de um jeito sensível e realista os dramas enfrentados por esse grupo de pessoas que muitos preferem ignorar. Além de mostrar como é ser encarado como um ET em uma área tipicamente rural, o mini-doc exibe momentos simples e ao mesmo tempo fortes, como quando o protagonista visita seu cirurgião plástico para uma seção de depilação a laser.

Fonte: Descobri o filme no Current TV. Alimentado com conteúdo criado pelo usuário, o site conta com um sistema de votação pública dos vídeos. Os filmes mais apreciados sobem na hierarquia da página e podem ir para na TV de fato. Esqueça o YouTube!.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Tolerância

Sexxxquenta… Hercules & Love Affair

IMG_1571 copy.jpg    IMG_1520 copy.jpg

Que saudade de sugerir uma música nova por aqui. E nem foi falta de idéias não, foi mais falta de tempo mesmo. Então para sair da seca vou propor um electrozinho com uma pitada disco-soul, ideal para o tradicional sexxxquenta. A receita é do DJ e produtor nova-iorquino Andy Buttler, que está por traz do projeto Hercules & Love Affair (HLA).

Lançado pelo bombado selo DFA Records, HLA tem Antony (do Antony and The Johnsons) no vocal de seu primeiro single. Esqueça a melancolia do cantor em seu trabalho pessoal. Aqui, a voz inconfundível de Antony mira às pistas. O resultado é incrível, como irão perceber.

PS: Há boatos de que o HLA está vindo para o Brasil e deve tocar no Vegas, em São Paulo. Acho difícil ter Antony nos vocais ao vivo (meio impossível né), mas a balada promete mesmo assim!! Estarei lá.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Música