Do NYT: novo momento gay na arte contemporânea

Aritstas da “The Male Gaze”

Uma onda de arte gay masculina estaria em voga e ganhando bastante destaque na cena de arte comtemporanea segundo matéria recente publicada no New York Times.

Sem arriscar dizer que se trata de um novo movimento artístico, o artigo cita exemplos de várias galerias que apoiam a estética e da multiplicação de publicações do gênero para provar que não se trata de algo do acaso.

A mostra coletiva “The Male Gaze,” em cartaz na powerHouse Arena, em Nova York, que reúne obras dos 20 jovens artistas gays de maior destaque atualmente (foto), é evidência deste momento.

São obras despolitizadas, celebrativas, exuberantes e até desbochadas, criadas em sua grande parte por gente nascida na década de 80 que não chegou a ver de perto a explosão da AIDS.

Indivíduos que raramente tiveram problemas para se aceitar e que por isso foram poupados dos velhos dramas do armário. Fatores estes que explicariam a franqueza com que suas obras dialogam com as variadas formas de sexualidade.

Sem compromissos com uma identidade obrigatoriamente Gay, esses artistas desmistificam o tema de forma a enquadrá-lo em várias tendências atuais, principalmente na que concerne a lógica do Do it yourself (faça você mesmo).

Conforme James Morrison, um dos jovens que expoem na “The Male Gaze” afirma: “estamos caminhando para uma nova geração de artistas onde ser gay acaba se tornando algo secundário”.

E mesmo que rica em imagens eróticas, essa nova arte parece se conectar muito mais ao feitishe universal de juventude e de auto-exposição que à pornografia propriamente dita.

Entre os exemplos de publicações citados pela matéria que retificam essa efervecência está a revista Kaiserin, publicação francesa “para garotos com problemas”, a Shoot feita pelo potógrafo Paul Mpagi Sepuya e o provocativo zine australiano They Shoot Homos Don’t They? . A clássica e pioneira Butt, também é citada pelo artigo.

Faltou citar o Blog do Junior, não acham? Brincadeiras à parte, impossível não ver a coerência entre esse momentinho proposto pela matéria e o que escrevi no about deste blog.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Arte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s