Monthly Archives: Setembro 2007

Sexxxquenta!!!!… Sneaky Sound System

Sneaky Sound System

Estamos em 2000, em Sydney, Austrália, mais exatamente em uma festa a fantasia com temática Cowboys e Índios. É nesse cenário pitoresco que Daimon Downey, futuramente MC Double D, rouba a cena com uma performance montado em um cavalinho de madeira. Depois dessa improvisação, nosso herói conhece Angus McDonald, futuramente Black Angus, e juntos dão início ao projeto de dance music mais bacana da Austrália, o Sneaky Sound System (SSS).

A dupla dinâmica começa a discotecar em casas noturnas australianas e lança um álbum de remixes em 2003, logo após criarem sua própria gravadora. Mais ainda falta algo ao grupo. É durante um passeio no Hyde Park (não o de Londres), que os rapazes encontram a última peça do quebra-cabeças. O nome dela é Miss Connie, que aceita o convite para dar voz ao próximo single da dupla, “I love it”. A música vira hit e Connie é imcorporada de vez ao SSS, que lança seu álbum de estréia, cai nas graças de DJs de várias pistas do mundo e faz turnê na Europa e Estados Unidos.

Mas nada disso é importante. A moral dessa história é que não dá pra ficar parado escutando o som desse trio que mostrou que existe música de pista inteligente na terra do canguru. Para conferir todas as faixas (vale a pena) dêem um pulo no site oficial da banda. Mais vídeos depois do pulo.

Jr*

Continue lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Música

Centro de SP ganha emoticons urbanos

Bueiros 6emeia

Cansados de engolirem tudo sem nunca retrucar, os bueiros de São Paulo resolveram se expressar mostrando suas caras. O que é esse post? Não é a revolta dos bueiros não. É que os grafiteiros Leonardo Delafuente (D lafuen T) e Anderson Augusto (SÃO), do projeto 6emeia, tiveram a simples e genial idéia de pintar os esquecidos buracos do sistema de saneamento básico da cidade.

O resultado ficou ótimo e pode ser conferindo em passeios pelos bairros Bom Retiro, Barra Funda, Santa Cecília e Higienópolis ou em exposição fotográfica (corra, pois só vai até 29 de setembro) no Bar Berlim (Rua Cônego Vicente Miguel Marino, 85, Barra Funda).

Segundo matéria do jornal O Globo, os artistas tiveram a idéia enquanto pensavam em um projeto ainda mais ambicioso, o de pintar uma rua inteira, com intervenções nos postes, muros, calçadas, enfim, no máximo de elementos possíveis que uma rua pode ter. A idéia da dupla é propor à prefeitura de concretizar tal projeto na Rua do Bosque, situada na Barra Funda.

Para saber mais sobre o projeto 6emeia ou ver outras fotos visite a página oficial do coletivo ou ainda os perfis dos caras no Flickr e Fotolog.

Essa nota foi dica do blog Opequi, que a propósito, estou adorando ler!

Jr*

1 Comentário

Filed under Arte

Irã, um país onde não existem gays

Charge presidente do Irã

Foi durante palestra para 600 estudantes norte-americanos, que o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, se esquivou ontem, segunda 24 de setembro, de uma pergunta sobre o tratamento reservado aos gays e lébicas em seu país. “No Irâ, nós não temos homosexuais como no país de vocês”, declarou o chefe do país islâmico aos jovens da Universidade de Comlúmbia, que reagiram com gargalhadas e gritos. “Nós não passamos por esse fenômeno. Eu não sei quem contou a vocês que isso existe em nosso país”, completou Ahmadinejad.

A Comisssão internacional dos direitos humanos dos gays e lésbicas (IGLHRC) condenou imediatamente tamanha negação da realidade. “É extremamente infeliz, que o presidente Ahmadinejad, face a platéia de uma pretigiosa universidade para dizer a verdade sobre seu país, se exprima com tamanha falta de honestidade sobre a situação dos direitos humanos no Irã”, declarou a presidente da IGLHRC, Paula Ettelbrick, se referindo à habitual prática de condenar a forca os homens e mulheres homosexuais do Irã.

Veja vídeo depois do pulo.

Jr*

Continue lendo

1 Comentário

Filed under Tolerância

Mika lança poético clipe para Happy Ending

Uma das mais doces e românticas músicas de “Life In Cartoon Motion”, disco de estréia de Mika, “Happy Ending” tem download liberado pela gravadora Universal Republic. Para baixar o arquivo clique com o botão direito do mouse no link a seguir e selecione “Salvar link como”.

Download – Happy Ending

Jr*

2 comentários

Filed under Música

Curta happy ended para começar a semana

Hearts and Hotel Rooms

Nada melhor que um happy end para curar momentos de carência. Então curtam o curta-metragem “Hearts and Hotel Rooms” (em inglês), realizado em 2007 por Justin James, com Aaron Harp (Jimmy) e Wesley Tyler (Brian). É meio bobinho mas não deixa de funcionar como mesagem otimista, ideal para começar a semana. Dica do blog Gayclic (em francês).

Jr*

1 Comentário

Filed under Cinema

Com nome certo :), nova revista gay brasileira chega às bancas – UPDATED

Junior

Não leitores essa não é minha revista, apesar dos nomes coincidirem. Mas conheço algumas pessoas que trabalharam muito para ver esse produto nas bancas e por isso faço questão de divulgar.

Ainda me lembro de quando, há cerca de um ano, alguns amigos comentaram desse projeto e do nome, Júnior. Me senti mega homenageado. Ok, eu divido esse sentimento com o meio mundo de filhos que herdaram o nome do pai.

Brincadeiras a parte, a proposta da Junior é bem bacana e deverá tampar uma lacuna no mercado de revistas brasileiro, a do público gay que não se contenta com o universo bíceps, tríceps e quadríceps (exagerei?). Isto é, o gay que quer informação trabalhada e apurada.

Vou parar com o baba ovo por que nem eu comprei a minha ainda então sou suspeito. Mas to apostando na idéia.

Boa sorte Marcelo Cia e todos do MixBrasil.

PS: Enquanto isso a especulada Romeo, da editora Abril, adormece na gaveta.

Updated ( 23/09) – A análise

Demorou alguns dias mas finalmente comprei um exemplar da nova revista Junior. Em uma única sentada foi possível ler o material de cabo a rabo. Na minha humilde opinião o saldo é positivo apesar de achar que muito ainda pode ser feito.

Gostei bastante da matéria “Boys Wanna dance”, que traz o perfil de alguns bailarinos brasileiros fotografados em peças de novos estilistas, e também da entrevista com o uruguaio Dani Umpi (não conheço e me deu bastante vontade de correr atrás). Stéphane Malysse assina ótimo artigo sobre a “corpolatria” da sociedade atual e a escolha do modelo Lucas Pitioni, que está na capa, também foi tiro certeiro. Simplesmente lindo!

A matéria “Conversa afiada” não me agradou. Achei cansativo o modelo de texto adotado. Meio solto demais, meio conversa de boteco. Muitos detalhes desinteressantes acabam valorizados para sustentar essa tal “conversinha” com os convidados. E detesto entrevista sem uma apresentação razoável dos entrevistados.

O design também poderia ter sido mais ousado. Principalmente na capa, que não se destaca em banca. Nem a beleza de Lucas salvou o enquadramento batido e a chamadinha “3,2,1 … blá blá blá”. O editorial “Jeans Glam Jeans” até começa bem mas não ultrapassa as quatro páginas (hein?). E alguns erros de digitação acabam estressando um pouco, mas nada que uma revisão a mais não resolva.

Por se tratar da primeira edição, e também de um mercado tão carente, acho que a revista se sai bem. O vendedor da banca onde comprei a minha até disse que tinha vendido bastante. Mas não sei se eu assinaria, por exemplo. Ainda preciso ser convencido mais um pouco. Vamos esperar as próximas.

Jr*

7 comentários

Filed under Lifestyle, Moda e design, Tolerância

Campanha anti-homofobia nos EUA quer héteros como aliados

Glaad

A organização norte-americana Glaad (sigla para Gay and Lesbian Alliance Against Defamation) lançou campanha publicitária que faz apelo aos héteros para luta contra o preconceito a homosexuais e transexuais. Com o slogan “Be an Ally & a Friend” (seja um aliado e um amigo, em português), o órgão produziu diversos anúncios que convidam os não-gays a defederem a causa dessa minoria.

São dois os pontos principais da campanha, o primeiro de realçar a importância do apoio dado ao familiar ou amigo próximo no momento em que o mesmo assume sua homosexualidade, e o segundo de estimular a difusão de valores anti-homofóbicos por todos.

Conforme enfatiza Neil G. Giuliano, o presidente da organização,  heterosexuais possuem uma das vozes mais forte e efetivas na luta por igualdade para a comunidade GLBT. “Eles não só são fundamentais no apoio durante o coming out (ato de se assumir), como também ajudam os demais a entenderem a importancia de valores como igualdade, tolerância, justiça e respeito mútuo”.

Artistas de séries famosas como Noah’s Arc, Grey’s Anatomy e Desperate Housewives, além de personalidades do mundo do esporte, como o o jogador norte-americano de basquete John Amaechi, estrelam os comerciais.

Demorou para alguém lançar a idéia por aqui. Mais informações no site do Glaad. Veja alguns dos comercias na continuação deste post.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Tolerância