Irã, um país onde não existem gays

Charge presidente do Irã

Foi durante palestra para 600 estudantes norte-americanos, que o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, se esquivou ontem, segunda 24 de setembro, de uma pergunta sobre o tratamento reservado aos gays e lébicas em seu país. “No Irâ, nós não temos homosexuais como no país de vocês”, declarou o chefe do país islâmico aos jovens da Universidade de Comlúmbia, que reagiram com gargalhadas e gritos. “Nós não passamos por esse fenômeno. Eu não sei quem contou a vocês que isso existe em nosso país”, completou Ahmadinejad.

A Comisssão internacional dos direitos humanos dos gays e lésbicas (IGLHRC) condenou imediatamente tamanha negação da realidade. “É extremamente infeliz, que o presidente Ahmadinejad, face a platéia de uma pretigiosa universidade para dizer a verdade sobre seu país, se exprima com tamanha falta de honestidade sobre a situação dos direitos humanos no Irã”, declarou a presidente da IGLHRC, Paula Ettelbrick, se referindo à habitual prática de condenar a forca os homens e mulheres homosexuais do Irã.

Veja vídeo depois do pulo.

Jr*

Nota tirada de Tetu.fr e charge tirada de Cox&Forkum

1 Comentário

Filed under Tolerância

One response to “Irã, um país onde não existem gays

  1. Alguém faz o cadastro dele no GayDar…
    Todo dia tem uns 20 online de lá…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s