A saga de Almada contra Telebambis

Vocês já perceberam que eu não costumo postar nada ligado ao universo The Week, afinal, já tem muitos blogs fazendo isso. Mas é que não dá para ignorar os últimos fatos em torno de André Almada (foto), o sócio-promoter (e ídolo de muitas bees por aí) do clube da Lapa. Citado em vídeo premiado pelo Show do Gongo, o figurão da noite gay paulistana tem ameaçado os autores do curta, André Machado e Evandro Santo, de processo judicial. Hit na internet, o vídeo batizado de “Telebambis” teve versão original retirada do ar para evitar futuros problemas a seus criadores.

A grande sacada de André Machado e Evandro, duo por trás do quadro “Meda” do programa Pânico na TV, é usar gírias do universo Gay que remetem ao uso de drogas no clubes noturnos. Em determinado momento da versão original do filminho, um dos personagens faz às vezes de André Almada e pergunta aos “amiguinhos” se eles estam “colocados” (drogados). O problema é que ao invés de levar na esportiva, Almada se sentiu ofendido e quiz ele também gongar o vídeo.

Ora. Todo mundo que pisa sequer uma única vez na The Week sabe que a maioria das pessoas ali usam sim drogas, principalmente exctasy e GHB. Eu, que não sou nenhum conservador para condenar a prática mas também não quero reforçá-la, acho hipocrisia fingir que isso não existe. A “colocação” faz parte dos hábitos do público assíduo da casa, assim como, a preferência por tribal house, o gosto pelas camisetas super justas e outras referências estéticas e culturais que definem esse grupo social.

A verdade é que na nova versão editada (que está aí em cima), o vídeo perde muito em comicidade. É uma pena que os autores tenham modificado o material em prol de uma trip egocêntrica de Almada. O vídeo sozinho não poderia levantar novas suspeitas sobre o clube. Muito menos estimular fiscalizações extras ou chamar a atenção da mídia.

Almada pode estar dando um tiro no pé com a reação conservadora. Ninguém consegue controlar a rapidez da comunicação via internet. O bá fá fá só vai aumentar a popularidade do curta. E o risco para ele ainda cresce se pensarmos em uma possível visita da equipe do Pânico, afinal os autores trabalham lá, em uma noite na The Week. Qual frequentador ali gostaria de ver sua imagem exposta em rede nacional?

Wrong choice Almada!

Para quem não sabe o que é o Show do Gongo, confira vídeo do evento depois do pulo.

Deixe um comentário

Filed under Gay, web

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s