Qual a cidade mais bem vestida do mundo?

Street Clash

Nova York, Paris, Londres, São Paulo, Tokyo, Berlin, São francisco… está lançada a competição para ver qual é a cidade mais bem vestida do planeta fashion. Batizada de Street Clash, a disputa é o resultado do esforço de blogueiros e fotógrafos de todos os cantos do globo e funciona da seguinte maneira:

1) Uma foto de cada cidade candidata ao pódium é submetida à votação no blog oficial do projeto .

2) Leitores avaliam o conjunto de fotos de diversos lugares dando notas de 1 à 5.

3) As 32 cidades mais bem cotadas entram de vez na competição, que colocará duas cidades por semana no ringue. Conforme uma for eleminando sua concorrente a seleção natural vai sendo feita, até que se descubra a cidade mais bem vestida.

Em 2007 a vencedora foi Telaviv. Este ano a competição foi lançada há pouco mais de um mês e o caminho até as finalíssimas ainda é longo. Mas melhor que voltar é ver os looks dos mais diversos lugares e se inspirar para criar você mesmo suas novas (des)combinações.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Moda e design

Menino de ouro… conheça Ari Gold

Desde criança sob os holofotes do showbusiness, Ari Gold teve que escolher a independência musical para cantar o amor entre homens.

Ari Gold

Não fosse o conservadorismo da indústria fonográfica norte-americana, talvez Ari Gold fosse hoje o novo Justin Timberlake ou Kaney West. Com músicas pop de levada R&B, grooves somados a uma voz suave, além do carisma e a preocupação estética típicos de um popstar, Ari só não está no patamar dos cantores supracitados por falar do amor entre dois homens em suas letras. Após chamar a atenção da mídia gay em 2001 com seu disco de estréia, o bonitão chega ao terceiro álbum mantendo intactos o orgulho de ser gay e o espírito “do it yourself” (faça você mesmo).

Transport System, como foi batizado o novo disco, é o primeiro lançado fora de sua própria gravadora, a Gold 18, que publicou seus dois primeiros albums. A independência no início da carreira se justifica pela bem resolvida sexualidade de Ari, que negou propostas de grandes gravadoras que o pediam para “ficar dentro do armário”.

Atualmente com 30 anos, Ari começou sua carreira ainda na infância. Com cinco anos, chamou a atenção da família ao cantar no bar mitzvah (espécie de baile de debutantes para meninos judeus) de seu irmão. Chegou a gravar 400 jingles, além de ter dublado e atuado em séries da TV. Até um backing vocal para Diana Ross esse filho de judeus ortodoxos tem no currículo.

O precoce atrito entre a cultura judaica e o showbusiness quando criança e o posterior conflito sexualidade versus imposições do mercado da música, são alguns dos temas discutidos na entrevista que Ari cedeu ao Blog do Junior. Veja a conversa de pois do pulo.

Continue lendo

Deixe um comentário

Filed under Entrevistas, Gay, Música

Show de CSS no Planeta Terra vira artigo da Dazed e dá capa a Lovefoxxx

Lovefoxxx_1

Eles não se cansam. Depois de assinar a música oficial de divulgação do iPod, o MP3 player da Apple, o Cansei de Ser Sexy é a bola da vez da revista britânica Dazed & Confused, que colocou a vocalista Lovefoxxx na capa de sua última edição. Apesar de já ter posado para publicações importantes como a revista Pop, ter sido eleita a terceira mulher mais cool do mundo pela musical NME, a cantora ganha novo destaque com a capa da Dazed.

Para escrever a matéria, o repórter se encontrou com o grupo ainda em Londres, três meses antes da histórica apresentação do CSS no festival Planeta Terra . Posteriormente o jornalista voltou a encontrá-los no Brasil especialmente para este show, o primeiro no país depois de um ano e meio de excursões pela Europa e EUA. Além de jantar com o grupo, o repórter acompanhou ensaios e gravações, presenciou os momentos de backstage e mesmo o pós-show, quando Lovefoxxx já estava em sua casa pronta para ir dormir. Resumindo, infiltração total!

O resultado é um texto revelador, por descrever o momento da gravação do segundo álbum, e sensível, como quando Lovefoxxx diz que chorou ao ver sua mãe na platéia durante a apresentação. Quatro faixas do novo álbum já estariam prontas quando a matéria foi realizada, há cerca de três meses atrás.

Clique aqui para ver vídeos e fotos no site Dazed Digital.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Música

Festa da Júnior mata quinta-feira!

festa JUNIOR gloria

festa JUNIOR gloria   festa JUNIOR gloria

festa JUNIOR gloria   festa JUNIOR gloria

festa JUNIOR gloria   festa JUNIOR gloria

Sim, sim, matou a quinta-feira por que a jogação em plena quarta foi até umas 5h30. Gente, vocês não trabalham? Eu sim, e confesso que estou me segurando aqui no escritório para não cair em cima do teclado do PC.

Capa da 3ª edição da revista JuniorPara quem não conhece a revista Júnior,trata-se da publicação bimensal voltada ao público gay produzida pelo pessoal do MixBrasil. Infelizmente o exemplar da terceira edição, mote para a realização da festa, acabou não chegando há tempo. Projeções e pôsteres espalhados pelo clube Glória, em São Paulo, tentavam suprir a falta da “magazine” e acalmar os leitores mais ansiosos.

Enquanto a revista não chega às bancas, dêem pulo no Flickr do fotógrafo Fábio Motta, para ver quem deu as caras na festinha. Ah,esqueci de falar… o dress-code era “máscaras” e rolou até uma versão electro-rock de marchinhas de carnaval, ótima idéia dos meninos do Montage, que agradaram com seu mini show.

Jr*

2 comentários

Filed under Fotos, Gay

Panela velha: convidada leva veteranos e novatos ao ringue da música

guest_blogger

post_ju

O que você espera da música quando ano após ano novas “Big Bang” bandas surgem e também quase simultaneamente desaparecem? Em quem apostar? Como defender aquela banda para os seus amigos garantindo que ela não será apenas mais um hit de verão? Ou até mesmo que não morrerão de overdose no próximo festival?

Eu sei que todos (inclusive eu – e não nego) adoram achar bandas novas no myspace vindas da PQP ou de alguma cidadezinha na Islândia. Mas melhor ainda é achar aquele lado B da sua antiga banda favorita, que já deve estar lá pelo quarto CD ou gravando um ao vivo em algum mini clube de Berlin. Isso sim é muito legal!

Meu post é sobre isso. À convite do meu super amigo Junior vim aqui fazer uma participação especial e defender a minha tese de que o melhor da música ainda é feito pelos “velhinhos do Rock”. A idéia é falar de quem promete trabalho novo para 2008 da disputada lista dos dos que já tem sucesso garantido. Listei algumas bandas – super fodásticas em minha opinião – que creio irão agradar o pessoal do blog. Veja depois do pulo!

Continue lendo

1 Comentário

Filed under Música

Quando a Veja toca no assunto que seus leitores preferem ignorar

Bruno Chateaubriand

Imaginem pais e mães da classe média brasileira lendo o depoimento de um gay bem mais tangível que os casais acépticos das novelas da Globo. Para mim e talvez para você leitor do Blog do Júnior as falas de Bruno Chateaubriand, o último entrevistado da seção Páginas Amarelas da revista Veja, não sejam tão inovadoras assim. Mas se pensarmos no público leitor da revista mais importante do Brasil, a entrevista que o jovem jornalista e empresário de ginastas olímpicos concedeu ao semanal da Abril ganha uma importância incontestável.

Nascido em família de classe média alta (a avó materna era prima do magnata da imprensa Assis Chateaubriand)”, Bruno é figura conhecida no Rio de Janeiro. Na matéria, a Veja afirma que o rapaz foi responsável pelo reveillon mais disputado da capital carioca, que aconteceu no apartamento, em Copacabana, que divide com o maridão André Ramos. Só é uma pena que nem nas festas em sua própria casa Bruno consiga beijar seu André, por puro constragimento com os convidados. Depois de falar à Veja, já está na hora de superar isso né Bruno!

Vale a pena ler.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Gay, Tolerância

Tecktonik inspira editorial em ùltima Dazed & Confused

tecktonik_1

tecktonik_2

tecktonik_3

A revista inglesa Dazed & Confused arrasou em sua última edição com a matéria sobre o fenômeno francês Tecktonik, uma dança saída de clubes da periferia de Paris que hoje se tornou símbolo da cultura urbana francesa. Mais do que uma hype passageiro, a Tecktonik, como mostra a matéria, se consolidou como um dos mais originais movimentos jovens nos últimos anos na Europa.

Já falamos da Tecktonik há muito tempo aqui no Blog do Júnior. Além de seus passos típicos (veja vídeo para entender melhor), roupas neon, calças skinny e cabelos assimétricos definem o visual dos Tecktoníacos. O movimento, típicamente jovem, hoje estrapola as discotecas com batalhas de dança acontecendo nas ruas e praças públicas. Grandes conglomerados da música e da TV já começaram a monetizar o negócio. É o caso da gravadora EMI que registrou o termo “tecktonik” para fazer uso em CDs de coletâneas, e da rede TF1 (espécie de Rede Globo da França), que pretende lançar um programa na TV com batalhas de dança.

Jr*

Lei também:
Sexxxquenta… Yelle!!!
Tektonik é a coreô que dita nova postura nas pistas eletrônicas

1 Comentário

Filed under Lifestyle, Música, Uncategorized