Monthly Archives: Dezembro 2007

Perfil – Você conhece Renata Bastos?

Renata Bastos

Renata Bastos

Renata Bastos Renata Bastos Renata Bastos

Quando tinha treze anos, Bruno resolveu virar Renata Bastos. E assim, do dia para noite, em um “momento meio Cinderela”, como ela mesma define, saiu pelas ruas de cabelão loiro, saia curta, blusinha de mulher e muito, muito glitter. Se jogou na noite, fez amigos, passou a freqüentar clubes como o antigo Stravaganza, Disco Fever…e conheceu o começo da “felicidade eterna”.

Travesti, gay, mulher ou Drag Queen? “Ixi, essa história de rótulo, de tribo urbana é super dèmode. Eu sou o que quero, na hora que quero. Isso sim é cool. Você já ouviu alguém falar: a mulher Vera Fischer, diz-se apenas o nome e ponto. E eu sou a Renata.(ponto) Uma diva acima de tudo”.

A paulista de 25 anos é figurinha carimbada nas baladas mais modernas da capital. Entre plumas, máscaras, e muito brilho, ela faz performances, trabalha como hostess ou apenas “dá o ar da sua graça” para os descolados que freqüentam clubes como o Vegas, Glória, entre outros.

O visual andrógeno causa, algumas vezes, dúvida e estranhamento. “Muita gente não está preparada. Não consegue entender que o mundo é aquilo que a gente cria. As pessoas crescem com determinados padrões de comportamento já estabelecidos e seguem sem questionar o que, de fato, desejam.”

Durante o dia, em um ar “casual”, de cara lavada, ela trabalha para a marca de roupas Theodora, da estilista Rita Wainer, pra quem desfilou no Fashion Week carioca de 2006. Apareceu recentemente nas colunas da Mônica Bergamo, Érica Palomino e vem buscando seu espaço na cena fashion. “Sempre fui ligada à moda. Acredito que o corpo, a maquiagem, as roupas são uma forma de expressar a sua personalidade. Não seja um embrulho oco, mas use a imagem a seu favor, pois, a maneira como você se mostra é o modo como o mundo te percebe.”

E ser percebida é o passatempo favorito de Renata. “Gosto de provocar estranhamento, curiosidade nas pessoas. Sinto que, de alguma forma, eu quebro a apatia, a monotonia em que muita gente vive. É como se eu dissesse: a vida não é tão fechada, nem tão quadrada quanto você pensa. Você pode ser o que você quiser. E dá licença, que agora eu vou passar!”.

Veja mais fotos depois do pulo.

Continue lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Fotos, Gay, Lifestyle, Moda e design

Encantada dá novo fôlego à Disney

Encantada

Encantada Encantada Encantada

Na era do Shrek, filmes como Cinderela, Pequena Sereia ou outros que remontam ao passado das animações feitas à lápis, parecem mais histórias para terceira idade. É que ninguém, nem mesmo as crianças, parece ver mais graça nas aguadas e românticas histórias das princesas da Disney. Mas a chegada de Gisele (quer nome mais atual?) deve mudar essa constatação. Em cartaz nos cinemas, o filme “Encantada” foi a melhor pedida para fechar o domingão ontem. Prepare-se para rir!

A história gira em torno de uma linda moça de Andalasia que como toda joven dos contos de fadas sonha em se casar. Por conta da armadilha de uma malvada madastra, Gisele vai parar em Nova York e se vê de frente ao mundo real. O resultado é o engraçado embate entre o racionalismo urbano e o idealismo escapista do mundo encantado, que além de garantir ótimas risadas possui status de marco histórico para Disney, que sempre resistiu em parodiar seus clássicos personagens. Com “Encantada” a mítica empresa que criou Mickey Mouse se renova apelando para estratégias lançadas pela concorrência (leia-se DreamWorks). Prova do grande passo realizado pela compania é que o filme levou cerca de 10 anos para sair do papel e começar a ser produzido.

Melhores momentos:

-Gisele acorda feliz e sai cantante à janela para chamar seus amiguinhos animais. Nada demais, não se encontrasse a moça em plena Manhattan, com seus típicos representantes da fauna urbana, como ratos, baratas e pombos sujos.

-Príncipe Eduard à caça de um monstro verde solta a frase “Não é um Ogro que vai me vencer” em uma nítida provocação à DreamWorks.

Jr*

1 Comentário

Filed under Cinema

The Week prepara calendário para o ano que chega… Veja Making of

Calendário The Week 2008

Pegando carona no sucesso dos calendários com gostosões, como o francês Dieux du Stade e o australiano Naked for a Cause, André Almada, promoter e sócio da The Week, prepara para 2008 o lançamento da “folhinha” oficial do clube paulistano. Não sei se, a exemplo das versões gringas, o calendário da The Week terá parte das vendas revertidas à alguma causa social. Espero que sim.

Entre os fodões do casting estavam Diego Cristo e Miro Moreira (ai ai ai). Visite a página do Blog do Junior no Flickr para ver o making of da seção de fotos, que rolou neste sábado dia 15 de dezembro.

Jr*

Leia também: Deuses do rugby francês estrelam campanha contra AIDS

Deixe um comentário

Filed under Gay

Funny sunday – “John wanna have sex”

Ah esses meninos viu! Olha o que o desespero não faz. Até seduzir o amigo hétero está valendo nessas horas.

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Gay, web

Junior vs DOM. Qual delas você vai ler?

Junior versus DOM

Despois de morar na França durante pouco mais de um ano, voltei ao Brasil com a certeza de que sentiria falta das revistas gringas. Eu sou apaixonado por revistas e me deliciava ao entrar em uma banca qualquer da Europa, sempre com muitas opções de títulos e informações para todos os nichos imagináveis. Mal sabia que logo após meu retorno, duas publicações focadas no público gay seriam lançadas para curar uma parte (afinal eu não leio só isso) da minha carência. Vejam abaixo o que eu achei da edição de estréia da De Outro Modo (DOM), pela Editora Peixes, e da segunda edição da Junior, pela Editora Sapucaia. Não que minha opinião seja importante. Mas afinal eu sou um blogueiro e essa “raça” adora dar pitaco em tudo, não é mesmo?

Perfil:
Como o próprio nome indica a revista Junior tem um perfil mais jovem. É uma revista mais assumida que aborda temas do universo gay explicitamente, sendo mais contestadora que a DOM, que por sua vez prefere considerar esse discurso como algo secundário. Com uma liguaguem claramente mais comercial, a revista da Peixes traz várias matérias de consumo de luxo. É mais chique! E tem uma hierarquização mais legível também. Isso se deve ao time formado por profissionais já rodados do mercado editorial. É bem PRO mesmo. Resumindo, enquanto a Junior parece ter idéias mais frescas e autorais a DOM não inova muito mas é bastante digerível e vai cair como luva para o público masculino gay endinheirado.

Continue lendo

3 comentários

Filed under Gay, Lifestyle

Sexxxquenta!!!!… Roisin Murphy

Róis�n Murphy IMG_2398

Róis�n Murphy IMG_2342 Róis�n Murphy IMG_2303 Róis�n Murphy IMG_2229

Depois de vários álbuns laçados com seu ex-maridon Mark Brydon, quando formavam juntos o duo Moloko, Roisin Murphy vai se firmando como cantora solo. Está muito bom o segundo álbum da moça. “Overpowered”, como foi batizado o disco, é eletrônico e bem sensual, dá até vontade de fazer aquela dancinha do pole dancing, sabe aquela do mastro que sempre rola em casa de shows eróticos. Minhas faixas favoritas são “Let me Know”, “Overpowered” e “Dear Miami”.

Fotos de Steve Asenjo

Jr*

Deixe um comentário

Filed under Música